A Metáfora de Bergson e a Nossa Escuta Musical

Bernardete Oliveira Marantes

Resumo


Este exame coteja o emprego da metáfora musical na filosofia de Henri Bergson frente a nossa própria escuta da arte musical. Partindo da premissa que música é a síntese do tempo e memória, a investigação inicia-se com o conceito de durée, e avança em direção a multiplicidade e a simultaneidade, e se completa na memória, e mais especificamente, no conceito da coexistência virtual.


Texto completo:

PDF