Ânsias de Amplidão: Imaginário Telúrico e Regionalidade

João Claudio Arendt, Dângelo Müller

Resumo


Discutimos, neste ensaio, questões relacionadas ao mito, ao imaginário, ao telurismo e à regionalidade. Partindo da referência a mitos criacionais e cosmogônicos em diferentes culturas do planeta, transitamos por exemplos da literatura ocidental, desde Virgílio até Guimarães Rosa, para mostrar como se estabelecem os vínculos humanos com a mãe-terra, bem como de que forma e em que ocasiões ocorre a sua ruptura. Na perspectiva da análise que efetuamos, o mal-estar provocado pela desilusão amorosa constitui um dos agentes desencadeadores do rompimento dos laços telúricos. O apoio conceitual é buscado na psicanálise, na filosofia, na história e na crítica literária.


Texto completo:

PDF