"Homens Sempre se Enganam": A Política do Amor em Much Ado About Nothing

José Garcez Ghirardi

Resumo


A dupla trama amorosa em Muito Barulho Por Nada, de Shakespeare, aponta para realidades muito além do tema tradicional dos problemas dos jovens amantes. A credulidade de Dom Pedro em julgar as calúnias contra Hero, assim como seu astuto artifício de aproximar Beatrice e Benedick pode ser visto como indício da compreensão de Shakespeare do papel político do Príncipe. Essa apresentação explora as relações entre as leituras de Shakespeare e Maquiavel da dimensão política das ações do Príncipe ao examinar a personagem de Dom Pedro e suas decisões na peça.


Texto completo:

PDF