Caracterização dos graus de fragilidades em estados geoecológicos da Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Pontal do Paranapanema (SP, Brasil)

Lucas P. OSCO, Marcos N. BOIN, Munir J. FELÍCIO, Ana P. M. RAMOS

Resumo


O Oeste Paulista, a segunda região mais degradada do Estado de São Paulo, tem na Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos – UGRHI 22 / Pontal do Paranapanema a maior representação dos danos ao meio ambiente ocorridos nos últimos anos, nesta porção do estado. O presente trabalho tem por objetivo caracterizar as unidades ambientais, potencialidades e fragilidades físicas da bacia hidrográfica que compõe a UGRHI 22 por meio da análise integrada e sistêmica dos seus componentes naturais. Nesse sentido, o estudo em questão traz como embasamento teórico e conceitual a teoria da Geoecologia da Paisagem, a qual estabelece que as relações e inter-relações entre os componentes do meio físico possibilitam a reflexão e a compreensão de sua dinâmica. Assim, para a concretização dos objetivos do trabalho, inicialmente, realizou-se o levantamento dos componentes naturais da região, tais como a Geologia, Pedologia, Geomorfologia, dentre outros, o que resultou na elaboração de mapas temáticos que possibilitaram a identificação das características dos elementos da paisagem. Aos componentes atribuiu-se peso de um a cinco, no qual o mais baixo corresponde a uma paisagem estabilizada – e o mais alto a uma paisagem degradada –, tendo vista a identificação da fragilidade segundo suas características físicas Em seguida, a partir da sobreposição dos mapas produzidos a partir desses pesos, calcularam-se suas médias aritmé- ticas. Os resultados apresentam uma definição dos graus atribuídos a cada uma das feições e uma apresentação de um mapa síntese do estado geoecológico, que contribui para o planejamento das atividades antrópicas da UGHR – 22.

Palavras-chave


mapa temático, paisagem natural, ambiente físico, geoprocessamento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.78273

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br