Reconhecimento e análise das fácies sísmicas nas sucessões rift das bacias de Campos e Santos

Renata ALVARENGA, Juliano KUCHLE, David IACOPINI, Patrycia ENE, Claiton SCHERER, Karin GOLDBERG

Resumo


Apresentando reservatórios em águas profundas, o pré-sal das bacias de Campos e Santos é um cenário com depósitos heterogêneos e complexos, e assim traz novos desafios para a interpretação sísmica. O presente trabalho tem como objetivo a caracterização sísmica do intervalo rifte (de idade Hauteriviano Superior ao Barremiano, imediatamente abaixo dos reservatórios pré- -sal) nas bacias de Campos e Santos com a utilização de dados de sísmica 2D e dois perfis de poços. Foram analisadas as texturas sísmicas e com a integração dos dados litológicos se definiu três sismofácies correspondentes: Sismofácies 1 (depósito de falha de borda) – apresenta comportamento semelhante em ambas as bacias e com ocorrência encaixada na falha de borda em uma zona ampla e bem definida; Sismofácies 2 (depósito de sedimentos finos) – amplamente identificada nas bacias de Campos e Santos e que grada lateralmente para a sismofácies 3; Sismofácies 3 (depósito de grainstones e rudstones) – em ambas as bacias têm ocorrência restrita e de ocorrência errática, tanto em zonas altas da margem flexural, quanto nas zonas profundas próximas do depocentro dos meio-grábens analisados.


Palavras-chave


Bacia rifte, atributos sísmicos, texturas sísmicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.78248

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br