O vulcanismo alta-sílica da região do Tupanci, NW do Escudo Sul-Rio-Grandense: faciologia, petrografia e litoquímica

Felipe P. Leitze, Carlos Augusto Sommer, Evandro F. Lima, Vinícius Matté

Resumo


A região do Tupanci, noroeste do Escudo Sul-Rio-Grandense (ESRG), apresenta depósi- tos vulcânicos ácidos, estratigraficamente correlacionados à Formação Acampamento Velho (~550 Ma), da Bacia do Camaquã.  Esta região é a exposição mais setentrional deste episódio vulcânico, caracterizado por sequências efusivas e piroclásticas, dominantemente ácidas, afinidade alcalina alta sílica sódica e vinculadas ao magmatismo pós-colisional do ciclo orogênico Brasiliano/Pan- -Africano no ESRG. As vulcânicas ácidas ocorrem na forma de depósitos efusivos e, em menor volu- me, piroclásticos, distribuídas em dois cerros: Cerro Tupanci e Cerro dos Picados. O Cerro Tupanci é uma intrusão subvulcânica alongada N-S, representada por riolitos porfiríticos, com fenocristais de sanidina e quartzo e uma matriz quartzo-feldspática equigranular fina a afanítica, com intensa foliação de fluxo nas regiões de borda. No Cerro dos Picados ocorrem riolitos texturalmente se- melhantes, porém com matriz afanítica de aspecto vítreo e presença de biotita, além de depósitos piroclásticos de ignimbritos riolíticos, divididos em duas fácies: uma rica em líticos, com púmices devitrificados e pouco estirados, além de pequenos e raros cristaloclastos; e outra de ignimbritos reomórficos, com abundantes púmices devitrificados, destacada textura eutaxítica, mais rica em cristaloclastos e raros litoclastos. O comportamento geoquímico de ambas as fácies classifica o magmatismo como supersaturado em sílica, semelhante aos sistemas de alta sílica, afinidade alcali- na sódica, e tendência metaluminosa a levemente peralcalina, com características dos granitos tipo “A”. Os dados faciológicos, petrográficos e litoquímicos obtidos indicam vinculação genética destas rochas com o vulcanismo da Formação Acampamento Velho.

 


Palavras-chave


Volcanism, Acampamento Velho Formation, Camaquã Basin, Tupanci.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.69577

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.


Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br