A CONSTRUÇÃO DE MODELOS REALÍSTICOS DE RESERVATÓRIOS SILICICLÁSTICOS ATRAVÉS DA INTEGRAÇÃO DE ESTUDOS DAS HETEROGENEIDADES DEPOSICIONAIS E DIAGENÉTICAS EM UMA ABORDAGEM DE UNIDADE DE FLUXO

José A. B. DAUDT, Claiton M. S. SCHERER, Luiz F. De ROS, Karin GOLDBERG

Resumo



Nesse artigo, é apresentada uma abordagem para caracterização e desenvolvimento de reservatórios baseada na análise de heterogeneidades deposicionais, suas hierarquias e como essas heterogeneidades devem ser focadas em um modelo de unidade de fluxo. O termo unidade de fluxo genética como utilizado nesse artigo representa um elemento que tem uma escala definida, correspondendo a um subsistema de deposição (associação de elementos arquiteturais), parte de uma unidade estratigráfica de quarta ordem. Essas unidades são utilizadas para prover controles geológicos consistentes para a análise da variabilidade da qualidade do reservatório, em escala de campo de petróleo, especialmente em projetos que estejam em estágios de melhoria avançada de recuperação de fluido. Essa necessidade de dependência de escala para a definição das unidades de fluxo contrasta com as definições anteriores. A capacidade preditiva de um modelo baseado em unidades de fluxo genéticas reside no reconhecimento dessas unidades em perfis elétricos, considerando um arcabouço de estratigrafia de alta resolução. O impacto dos processos diagenéticos nas variações entre porosidade e permeabilidade também é discutido nesse artigo, com ênfase na integração dessa análise ao processo de modelagem de reservatórios. Em alguns casos, o efeito da diagênese ou de outros processos pós-deposicionais (fraturamento, por exemplo) pode comprometer a aplicabilidade da abordagem por unidades de fluxo genéticas como é proposto aqui.

Palavras-chave


heterogeneidade de reservatório; diagênese; unidade de fluxo; qualidade de reservatório

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.37478

Apontamentos

  • Não há apontamentos.







Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br