Sedimentologia del Conglomerado Mampituba, RS, Brasil

RENATO ANDREIS, GERARDO BOSSI

Resumo


É descrito em detalhe o denominado “conglomerado Mampituba”, aflorante a 1,5 km ao Norte de Vila São João, na Rodovia BR-101. O conglomerado está situado sobre diabásios da Formação Serra Geral e arenitos da Formação Botucatu, e consiste em dois afloramentos com diferenças de idade e de petrofábrica; a sua composição é lítica, formada essencialmente por fragmentos de diabásios. O afloramento “A” (mais antigo) apresenta materiais mais grosseiros e petrofábrica isótropa, enquanto o afloramento “B” caracteriza-se por materiais mais finos, apresentando notória imbricação e petrofábrica monoclínica. Os ruditos, considerados como depósitos marinhos, são reinterpretados como tendo sido depositados em áreas continentais por enxurradas (fluxo laminar) no afloramento “A”, e parcialmente modificadas por processos fluviais normais (afloramento “B”).



Palavras-chave


sedimentologia; conglomerado Mampituba; RS; Brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.21773

Apontamentos

  • Não há apontamentos.







Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br