Estratigrafia da Bacia Carbonífera de Charqueadas - Santa Rita, RS, Brasil

ANA EMÍLIA MENDES PICCOLI, MICHAEL HOLZ, JORGE ANTONIO DEGRAZIA SARTURI, PIERRE MUNARO, WLADMIR GRANITOFF

Resumo


A região em estudo abrange uma área de 1300Km2, localizada nos arredores da cidade de Charqueadas, a oeste de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Nesta área se localizam as jazidas carboníferas de Charqueadas e de Santa Rita, esta última a nordeste da área. Objetivando a caracterização estratigráfica e paleoambiental destas jazidas, foram utilizados dados de testemunhos de sondagens das unidades Itararé e Rio Bonito (Bacia do Paraná), que serviram de base para a elaboração de mapas, seções de correlação, gráficos e análises de ciclicidade. Estes estudos possibilitaram a delimitação das unidades Itararé e Rio Bonito através de critérios sedimentológicos e paleontológicos como cor de pelitos, estruturas sedimentares e conteúdo palinológico. A sequência sedimentar foi caracterizada como de origem lacustre, com leques aluviais de variável densidade associados, principalmente a norte-noroeste da região. O paleoambiente sofreu variações, sendo possível visualizar-se eventos de estagnação relacionados a oscilações no nível da água, ocasionando a formação de pântanos e o sucessivo afogamento destes por novas elevações, reimpondo-se condições lacustres. A transgressão marinha do Palermo cobriu os sedimentitos da Formação Rio Bonito com arenitos e pelitos de origem costeira, em associação com planícies de maré. A paleotopografia da época de deposição das unidades basais Itararé e Rio Bonito se caracterizava pela presença de altos do embasamento a norte-noroeste da região e relativas extensões da bacia deposicional para nordeste e para o sul da área. As camadas de carvão sofreram a influência dos paleoaltos, desaparecendo a noroeste, sendo relativamente contínuas no resto da bacia. Encontram-se falhadas, parcialmente destruídas por intrusões de diabásio, principalmente a nordeste e erodidas ao sul, devido ao basculamento geral do pacote sedimentar para o norte.



Palavras-chave


estratigrafia; Bacia Carbonífera de Charqueadas; Santa Rita; RS; Brasil

Texto completo:

PDF/A

Referências


BORTOLUZZI, C.A.; PICCOLI, A.E .M.; CORREA DA SILA, Z.C.; CAllULO· KLEPZIG, M.; BOSSI, G.E. & ANDREIS, R.R. 1980. Estudo geol6gico da Bacia Ca rbonifera de Gravatai-Morungava. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOG IA, 31., Camboriu, SC. Anais ... v. I. p. 157·74.




DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.21702

Apontamentos

  • Não há apontamentos.







Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br