Composição e Qualidade do Material em Suspensão durante Alta Turbidez na Extremidade Sul da Laguna dos Patos, RS, Brasil

CARLOS HARTMANN, LAURO CALLIARI

Resumo


Amostras de material em suspensão coletadas da superfície da água no canal de navegação da extremidade sul da Laguna dos Patos, RS, foram examinadas utilizando Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectrometria de Energia Dispersa (EED) – raios X, no laboratório de Oceanografia da Universidade de Bordeaux I (França). Esta técnica permite investigar minuciosamente a qualidade e a composição do material, aspecto ainda não abordado na área. As análises do MEV revelaram em praticamente todas as amostras uma composição homogênea destacando-se: bioclastos e esferas silicosas; diatomáceas na forma penada e cêntrica; partículas minerais grossas (grãos de quartzo e feldspatos); minerais pesados (estaurolita ou granada e plagioglásios), presença de géis (alofano) e cristais de cloreto de sódio. No EED foram identificados os seguintes elementos químicos em praticamente todas as amostras em ordem decrescente: Silício, Alumínio, Ferro, Potássio, Titânio, Cálcio e Cloro. Esta homogeneidade nos resultados representa uma situação oceanográfica de baixa salinidade 1,15%0 , vazante fraca, e altas concentrações de material em suspensão de 296,0 mg/l em média e como consequência baixa transparência da água 10cm, caracterizando para a área um estuário homogêneo do tipo A. Outras amostragens relacionadas às demais situações hidrológicas devem ser investigadas, permitindo uma visão global dos constituinte do material em suspensão que transitam pela extremidade sul da Laguna dos Patos, RS.



Palavras-chave


composição; qualidade; material em suspensão; alta turbidez; laguna dos patos; RS; Brasil

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.21238

Apontamentos

  • Não há apontamentos.







Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br