Foraminíferos Recentes do Canal de São Sebastião SP, e suas Relações com os Padrões de Sedimentação

B. B. EICHLER, W. DULEBA, S. H. M. SOUSA, V. V. FURTADO, M. M. MAHIQUES, T. M. SANCHES

Resumo


O presente estudo é parte integrante da primeira fase do projeto de monitoramento do sistema de tratamento de efluentes do Canal de São Sebastião. Este estudo objetivou caracterizar as comunidades de foraminíferos e os sedimentos de fundo do canal, procurando estabelecer a distribuição das associações microfaunísticas e suas relações com o meio, antes da construção desses efluentes no canal. As associações microfaunísticas e os dados sedimentológicos revelaram uma diferenciação entre o ambiente deposicional oeste e leste do canal. O lado oeste caracterizou-se pela presença marcante de minerais micáceos, sedimentos pelíticos com altos teores de carbono e nitrogênio, diversidade baixa de foraminíferos, aparecimento de espécies de tamanho reduzido e dominância de espécies típicas de ambiente rico em matéria orgânica (Buliminella elegantíssima e Fursenkoina pontoni). Tais resultados permitiram inferir domínio de baixa energia nesta região. Já no lado leste do canal, observou-se uma diminuição dos minerais micáceos, abundância de areia e biodetritos marinhos, diversidade relativamente alta e aparecimento da epifauna. Tais dados demonstram que o hidrodinamismo aumentou sensivelmente, sugerindo ambiente de maior energia e oxidação. Além disso, através das associações foi possível detectar uma influência oceânica maior no lado meridional do canal. Quanto ao lado setentrional e central, estes caracterizaram-se por possuir associações típicas de água costeira. Foi observada também a presença de Cassidulina crassa, associada possivelmente à ACAS (Água Central do Atlântico Sul).



Palavras-chave


foraminíferos recentes; canal de São Sebastião; SP; padrões de sedimentação

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.22456/1807-9806.21230

Apontamentos

  • Não há apontamentos.







Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43113
91.540-000, Porto Alegre, RS, Brasil
E-mail: pesqgeoc@ufrgs.br