O trauma, a memória e a pedra

Lucas Antônio de Carvalho Cyrino

Resumo


A obra O que os cegos estão sonhando?, de Noemi Jaffe, é ponto de partida e de chegada do estudo que propomos neste artigo. Observamos os três textos e as três vozes que a compõe – de Lili Jaffe, Noemi Jaffe e Leda Cartum, mãe, filha e neta – buscando resgatar a memória da experiência traumática de Lili nos campos de concentração nazistas, narradas em diário, como ponto convergente e de certa forma fundamental na existência de cada uma das narradoras. Considerando o relato de Lili como o testemunho escrito de uma sobrevivente do Holocausto, memória e trauma ocupam o eixo central do debate.

Palavras-chave


Memória; Trauma; Testemunho

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.79942

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul