Um romance discordante: esboços de histórias em Que cavalos que são aqueles que fazem sombra no mar?, de António Lobo Antunes

Camila Stefanello, Raquel Trentin Oliveira

Resumo


Este artigo analisa as ramificações da intriga no romance Que cavalos são aqueles que fazem sombra no mar? (2009), do escritor português António Lobo Antunes, com base nas considerações de Paul Ricoeur sobre o conceito de muthus aristotélico e as transformações nos paradigmas de composição da narrativa a partir do romance moderno.

Palavras-chave


Intriga; Paul Ricoeur; Que cavalos são aqueles que fazem sombra no mar?; António Lobo Antunes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.78570

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul