A (re)construção de si nos reflexos de um confinamento: um estudo sobre Hospício é deus-diário I de Maura Lopes Cançado

Ornella Erdós Dapuzzo

Resumo


O presente artigo intenta uma breve análise da obra Hospício é deus: diário I, de autoria de Maura Lopes Cançado, a partir dos questionamentos do “confinamento” enquanto produtor e gerador de um eu. Além disso, diálogos com as noções de discurso e instituição serão referenciados para dar suporte à análise dos enunciados presentes no texto de Cançado.

Palavras-chave


Maura Lopes Cançado; confinamento; discurso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.75700

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul