HERBERTO HELDER E A POÉTICA PÓS-MODERNA

Maria da Glória Bordini

Resumo


RESUMO: Por meio da análise do poema IV de Do Mundo, buscam-se depreender os princípios de uma poética pós-moderna em Herberto Helder. A caracterização da pós-modernidade na poesia portuguesa é pautada pelas contribuições de Linda Hutcheon sobre ex-centricidade, e de Fernando J.P. Martinho e de Fernando Pinto do Amaral sobre sua trajetória histórica a partir dos anos 1960.
PALAVRAS-CHAVE: Herberto Helder; Pós-modernidade; Poética.

ABSTRACT: Analyzing the poem IV in Do Mundo, the principles of a postmodern poetics in Herbert Helder are searched. Linda Hutcheon’s notion of ex-centricity subsides the characterization of post-modern Portuguese poetry, based on the contributions of Fernando J. P. Martinho and Fernando Pinto do Amaral about its historical trajectory from de 60s onwards.
KEYWORDS: Herberto Helder; Post-modernity; Poetics.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.75347

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul