AL BERTO: UM PÉRIPLO PELO SENTIR

Camila Emanuele Martins de Souza

Resumo


Resumo: Este artigo objetiva estudar, sob a perspectiva da melancolia, os livros Salsugem (1984) e Horto de Incêndio (2010), de Al Berto. A partir da análise dos poemas, pesquisa-se de que forma o discurso melancólico é agenciado, na poética albertiana, e de que maneira ele se relaciona com questões como o corpo, a memória, a escrita e o tempo.

Palavras-chave: Salsugem; Horto de Incêndio; Melancolia; Poesia Portuguesa.

Abstract: This paper aims, from the point of view of melancholy, to study the books Salsugem (1984) and Horto de Incêndio (2010), by Al Berto. From the analyses of the poems, it searches how the melancholic speech is handled in Al Berto’s poetic and how that melancholy is related to body, memory, writing and time.

Keywords: Salsugem; Horto de Incêndio; Melancholy; Portuguese Poetry.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.75345

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul