Um passeio pela galeria de António Ramos Rosa

Monica Chagas da Costa

Resumo


RESUMO: O presente trabalho trata do processo de construção da poesia de António Ramos Rosa em seu livro Do Domínio Plástico (2004). Procura-se ressaltar os elementos intertextuais que são a base dos textos de Rosa, e a relevância do conceito de imagem para a tradução das obras oriundas das artes plásticas para a forma poética. Pode-se perceber como o autor, ao organizar os elementos poéticos em sincronia com as técnicas e imagens de cada artista analisado, se apropria dos textos e coloca seus significados em cheque. O poema, para Rosa, pode, portanto, ser visto como um espaço múltiplo de recriação e reflexão.

PALAVRAS-CHAVE: Poesia contemporânea portuguesa; António Ramos Rosa; Imagem.

ABSTRACT: The present work deals with the construction process of António Ramos Rosa’s poetry in his book Do Domínio Plástico (2005). The intertextual elements which function as the basis of Rosa’s texts are highlighted, as well as the relevance of the concept of image for the translation of plastic artworks into poetic form. It is possible to perceive, then, the ways in which the author takes hold of texts and puts their meanings to check, by organizing poetic elements in sync with each analyzed artist’s techniques and images. The poem, for Rosa, can, therefore, be seen as a multiple space for re-creation and reflection.

KEYWORDS: Contemporary Portuguese Poetry; António Ramos Rosa; Image.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.75342

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul