LITERATURA DE GUERRA: A PRIMEIRA GRANDE GUERRA EM PROUST E REMARQUE

CARLO MACHADO PIANTA

Resumo


Resumo: O artigo trata de impressões da Primeira Grande Guerra a partir dos textos O tem-po redescoberto, de Marcel Proust e Nada de novo no front, de Erich Maria Remarque. En-foca a maneira como é distorcida a visão da guerra que chega às pessoas que não estão no front é distorcida. Discute que a representação literária pode oferecer por vezes um panora-ma mais exato da realidade do que relatos documentais.
Palavras-chave: Proust; Remarque; Primeira Grande Guerra; literatura de guerra.
Abstract: The article deals with impressions of the First World War from Marcel Proust’s O tempo redescoberto, and Erich Maria Remarque’s Nada de novo no front. It focuses the way the vision of war comes distorted to people who are not in front. It argues that the literary representation can sometimes provide a more accurate picture of reality than documentary reports.
Keywords: Proust; Remarque; First World War; war literature.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.73209

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul