Garrett e Saramago: viagens pela terra e escrita portuguesas

Amélia Cherulli Alsina

Resumo


Este artigo tem como objectivo estabelecer um diálogo entre os autores José Saramago e Almeida Garrett a partir do cotejo entre as obras Viagem a Portugal e Viagens na minha terra. A análise desses textos levará em consideração a releitura que ambos empreendem da temática da viagem, depreendendo-se desse aspecto algumas reflexões sobre a identidade nacional portuguesa, para além dos recursos estilísticos por eles utilizados. Ver-se-á que é exactamente nos elementos que comprovam a modernidade precoce de Garrett que Saramago se apoia, tendo o escritor romântico exercido influência fundamental não só na escrita dessa Viagem saramaguiana, mas também em toda a sua linguagem literária.

Palavras-chave: José Saramago, Almeida Garrett; viagem; identidade nacional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.5267

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul