Manual de Pintura e Caligrafia: José Saramago e a viagem aos exercícios interdisciplinares

Mari Lúcie da Silva Loreto

Resumo


Como um estudo comparativo entre artes visuais e literatura, busco investigar as construções discursivas de um e outro campo artístico a partir da obra Manual de pintura e caligrafia, que foi escrita por José Saramago em 1977. Talvez em nenhum outro livro de Saramago a temática da criação, do processo de escrever, tenha aparecido de forma tão contundente. Em outras palavras, o tema do “artista” buscando uma forma de expressão quer na “pintura” ou na escrita. Nesse sentido, este estudo tece uma reflexão sobre o jogo da linguagem, a crise da representação, a mimesis, (arte e natureza, realidade e ficção), a interpenetração de discursos, as relações interdisciplinares, entre outras questões.

Palavras-chave: Saramago; arte; literatura; interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.4874

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul