Considerações sobre o conto simoniano - a singularidade de Chasque do Imperador

Carlos Túlio Medeiros, Cláudia Lorena Fonseca

Resumo


“Chasque do Imperador” encontra-se entre as narrativas menos conhecidas e estudadas dos Contos gauchescos, de João Simões Lopes Neto, obra que se constitui em importante legado da Literatura de expressão regional gaúcha. O autor começa a ser reconhecido fora do circuito da literatura regional, sendo apontado, inclusive como precursor de João Guimarães Rosa, sobretudo no que se refere aos aspectos formais de sua obra. João Simões Lopes Neto possui vasta fortuna crítica e novos estudos são empreendidos, além disso, ‘descobertas’ são feitas constantemente, tendo ambos, autor e obra, por objeto. Este estudo tem por objetivo abordar aspectos específicos da construção de “Chasque do Imperador”, dada a sua singularidade, e a forma como ele se insere no conjunto dos Contos gauchescos.

Palavras-chave: regionalismo; João Simões Lopes Neto; Contos gauchescos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.4871

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul