Literatura em combate:a ficção de Rubem Fonseca nos anos 70

Luciana Paiva Coronel

Resumo


Nos anos 70, transcorridos sob a vigência do AI-5, Rubem Fonseca produziu uma literatura contestadora de teor ‘marginal’, marcada pelo embate com a censura ditatorial e também com a crescente indústria cultural. Cada um dos três livros publicados na década acirra, por meio da metaficção de sua forma narrativa, a tensão existente entre escritor e sociedade, constituindo um discurso ficcional problematizador do ufanismo patriótico disseminado então pela propaganda governamental.

Palavras-chave: Rubem Fonseca; Contos; Metalinguagem; Anos 70; Teor marginal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.4846

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul