Uma estética do extremo

Antônio Marcos V. Sanseverino

Resumo


O presente artigo analisa Lavoura Arcaica, de Raduan Nassar. O ponto de partida é a situação histórica em que o romance é escrito, considerando a singularidade da obra. A seguir, é considerada a situação limite do incesto e da punição apresentadas no discurso delirante de André. Por fim, vê-se como o tema se articula com a forma narrativa.

Palavras-chave: Literatura Brasileira; Raduan Nassar; Lavoura Arcaica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.4827

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul