DEBATE REGRADO- DOMÍNIO DO ARGUMENTAR TRABALHANDO COM A ORALIDADE EM UMA TURMA DO 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Jane Engel Corrêa, Comissão Editorial Nau Literária

Resumo


Este artigo tem como objetivo demonstrar que a língua oral precisa ser ensinada, assim como a língua escrita e que é possível o trabalho com gêneros textuais também do domínio do argumentar nas séries iniciais. A atividade relatada pertence ao projeto “Por uma formação continuada e cooperativa para o desenvolvimento do processo educativo da leitura e produção textual escrita no Ensino Fundamental”, desenvolvido junto ao PPGLA da UNISINOS. Este projeto desenvolve a noção de projetos didáticos de gênero (GUIMARÃES e KERSCH, 2012), que alia o ensino de gêneros do discurso a práticas sociais. Foi escolhido um gênero oral, o debate regrado, pois a turma trazia na oralidade diariamente seus anseios e angústias em função da violência que presenciavam, e, ainda não conseguiam argumentar por escrito suas posições.

Palavras-chave


Oralidade; Gêneros textuais; Argumentação; Séries iniciais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.43372

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul