Dando forma ao caos: projeto estético e projeto ideológico na estrutura narrativa de As Naus, de Lobo Antunes

Nathália Gasparini

Resumo


Esse estudo visa descrever as técnicas narrativas da obra As Naus, de Lobo Antunes. A obra é composta a partir da técnica do rompimento, em que a composição fragmentada e o foco narrativo descentralizado, somados à dessacralização de figuras e de discursos históricos, reforçam a posição crítica da narrativa relativamente ao caos social português após a Revolução dos Cravos. A partir dessa descrição, é possível identificar a relação existente entre o projeto estético presente na obra e o projeto ideológico proposto pela crítica na narrativa.

Palavras-chave


literatura portuguesa, Lobo Antunes, metaficção historiográfica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.36280

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul