A escrita da leveza em Caim de José Saramago

Rodrigo Corrêa Martins Machado, Gerson Luiz Roani

Resumo


José Saramago, com a publicação em 2009 do romance Caim, encerra um projeto de questionamento de um dos textos base da cultura ocidental, a Bíblia. Tal projeto havia sido iniciado em 1990 com a publicação do romance saramaguiano Evangelho Segundo Jesus Cristo. No primeiro romance citado, vislumbra-se um embate entre o Nobel português e o Novo Testamento bíblico, enquanto no segundo, o leitor depara-se com o questionamento do Antigo Testamento. Considerando-se as informações anteriores, objetivamos no presente trabalho, analisar a desconstrução e questionamento do Antigo Testamento bíblico na obra saramaguiana Caim, tendo como base, principalmente o texto “Leveza” de Ítalo Calvino (1990). Recorreremos também à contribuição de teóricos como Linda Hutcheon (1991) e Mikhail Bakhtin (1987).

Palavras-chave


José Saramago; Caim; questionamento; Leveza.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.23854

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul