Os papéis do inglês e a busca pelas identidades pós-coloniais

Melissa Cobra Torre

Resumo


Este artigo apresenta uma discussão sobre a questão identitária no período pós-colonial, refletindo sobre a condição fronteiriça daqueles sujeitos que se encontram entre duas culturas, compartilhando de duas identidades. Para isso, este trabalho propõe uma análise do romance Os papéis do inglês, do angolano Ruy Duarte de Carvalho, pois acredita-se que esta obra literária seja um exemplo de romance pós-colonial, em que a questão identitária é colocada como elemento crucial na narrativa.

Palavras-chave


pós-colonialismo; identidade; hibridismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.20616

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul