A descoberta do amor para as amoras: uma análise das descobertas sexuais em Amora, de Natalia Borges Polesso

Juliana Boeira da Silva

Resumo


Este artigo tem como propósito abordar a temática das descobertas amorosas e sexuais nos contos “Primeiras vezes”, “Vó, a senhora é lésbica?”, “Flor, flores, ferro retorcido”, “Minha prima está na cidade”, “Amora” e “Umas pernas grossas”, presentes no livro Amora (2015), de Natalia Borges Polesso. O objetivo é delinear como ocorre esse movimento inicial rumo às relações amorosas se tratando da experiência de personagens lésbicas, uma vez que a literatura, em predominância, concentra-se em falar dessa temática apenas retratando relações heterossexuais. Para tanto, será utilizado o aporte teórico de Simone de Beauvoir, Tania Navarro-Swain, Lúcia Facco e Michel Foucault.

Palavras-chave


Gênero; Afetividade lésbica; Sexualidade; Amora.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1981-4526.105884

Revista Nau Literária | ISSN 1981-4526 | Universidade Federal do Rio Grande do Sul