EXPERIÊNCIAS INDESEJÁVEIS: ALGUNS CASOS DE ASSÉDIO SEXUAL NO FUTEBOL

Everton de Albuquerque Cavalcanti, André Mendes Capraro

Resumo


O objetivo deste trabalho é retratar as memórias de dois atletas e dois ex-atletas profissionais de futebol, no que diz respeito às suas experiências com relação a casos de assédio sexual nas categorias de base de clubes brasileiros. Nos pautamos metodologicamente pela História Oral, que é um método de pesquisa que se utiliza de entrevistas com sujeitos que vivenciaram experiências que de alguma forma podem servir para analisarmos um determinado objeto de estudo. Compreendemos então que a oralidade trata da singularidade de cada narrativa, visto que as histórias são contadas a partir do ponto de vista de quem, de alguma forma as vivenciou. Entretanto, a reincidência de casos referentes a um problema social em evidência que anteriormente permanecia velado reitera que esses casos já aconteciam, e por vezes passavam despercebidos pela mídia e pelas autoridades responsáveis em coibir esse tipo de ação criminosa.

 


Palavras-chave


História. Memória. Atletas.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.85215

Direitos autorais 2019 Movimento (ESEFID/UFRGS)

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment