INTERVENÇÃO PROFISSIONAL NOS ESPORTES DE AVENTURA: UMA PERSPECTIVA CONCEITUAL À FORMAÇÃO E À INVESTIGAÇÃO

Autores

  • Vinicius Zeilmann Brasil Universidade Federal de Santa de Santa Catarina
  • Valmor Ramos Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Juarez Vieira do Nascimento Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.83842

Palavras-chave:

Treinador. Educação Física e Treinamento. Esportes. Natureza.

Resumo

O objetivo deste ensaio teórico foi apresentar e discutir um conjunto de conceitos que possibilitem uma compreensão abrangente da intervenção profissional nos esportes de aventura. A delimitação conceitual adotada para os esportes de aventura abrange as modalidades que já se configuram como possibilidade de intervenção pedagógica no âmbito esportivo. O modelo conceitual sobre o Treinador de Esportes de Aventura (TEA), proposto por Collins e Collins (2015), tem influência dos marcos teóricos utilizados para investigações sobre o treinador esportivo. Seus componentes estruturantes abrangem o foco da intervenção, a capacidade do TEA para se manter no ambiente natural, o processo de gestão do risco e tomada de decisão e, também, uma estrutura epistemológica pessoal que fundamenta sua intervenção. A análise desses componentes, em diferentes realidades de intervenção, compreende uma possibilidade de produção de conhecimento e de diálogo científico com implicações na qualificação profissional e reconhecimento social da atividade do TEA.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-02-27

Como Citar

BRASIL, V. Z.; RAMOS, V.; NASCIMENTO, J. V. do. INTERVENÇÃO PROFISSIONAL NOS ESPORTES DE AVENTURA: UMA PERSPECTIVA CONCEITUAL À FORMAÇÃO E À INVESTIGAÇÃO. Movimento, [S. l.], v. 25, p. e25005, 2019. DOI: 10.22456/1982-8918.83842. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/83842. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Ensaios

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.