ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DAS TESES DE DOUTORADO NA ESPANHA EM ARTES MARCIAIS E PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS DE SEUS AUTORES

Vicenç Hernández González, Nuria Sans-Rosell, Joaquin Reverter-Masia, Carme Jové-Deltell

Resumo


O objetivo é verificar se a obtenção do título de Doutor é um fator que promove a formação de novos investigadores. Apresentar o índice h dos doutores-autores, bem como a relação que existe com as medidas utilizadas para avaliar a produtividade da pesquisa, como número de artigos e índice de citações. Mediante o banco de dados TESEO e a Web of Science obteve-se os registros do trabalho. Os resultados mostraram um total de 86 teses (2,2 teses/ano), mais de 285 trabalhos na Web of Science, com uma média de 5,81 trabalhos/autor. O número médio de consultas por trabalho é de 4,25, enquanto o número de consultas por autor é de 24,73. O índice geral h-index é 2.02 por autor. Concluímos baixa produção de teses de doutorado em Espanha em artes marciais. Mais de metade dos autores doutores-autores publicam trabalhos na Web of Science com notável difusão científica de suas teses.

 


Palavras-chave


Dissertações Acadêmicas. Artes Marciais. Publicações Periódicas como Assunto. Bibliometria.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.77660

Direitos autorais 2018 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment