TRADIÇÕES RECREATIVAS NO CAMINHO CENTRAL PORTUGUÊS: O JOGO DE BOLOS NO FINAL DO CAMINHO DE SANTIAGO

José Eugenio Rodríguez Fernández, Beatriz Oliveira Pereira, Joaquín Lago Ballesteros

Resumo


Este estudo procurou determinar a existência da modalidade de bolos tradicional na parte final do Caminho Central Português de Santiago (Porto-Valença do Minho), fato que nos permitiu continuar com o estudo realizado na Galiza no Caminho de Santiago e que nos permite compreender a gênese deste jogo popular e tradicional. Foi realizado um estudo qualitativo, descritivo e interpretativo, que usou a entrevista como uma ferramenta para obter dados. A amostra do estudo foi composta por 27 pessoas: nove técnicos do desporto das Câmaras Municipais, nove professores especialistas em Educação Física (EB2) e nove professores não-especialistas em Educação Física (EB1). Foi registrada uma reduzida prática do jogo de bolos tradicional nos municípios onde passa o Caminho Central Português, com exceção do município de Paredes de Coura, mostrando o Jogo do Chavelho como uma forma única de prática nesta cidade portuguesa.

 


Palavras-chave


Atividades de lazer. Jogos recreativos. Bolos. Cultura popular.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.75202

Direitos autorais 2018 Movimento (ESEFID/UFRGS)



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment