MIGRAÇÃO NO VOLEIBOL BRASILEIRO: A PERSPECTIVA DE ATLETAS E TREINADORES DE ALTO RENDIMENTO

Vanessa Silva Pontes, Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro, Rafael Marques Garcia, Erik Giuseppe Barbosa Pereira

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar o discurso de atletas e treinadores de voleibol de alto rendimento sobre o processo de migração nesta modalidade, face às diversas conquistas das seleções, a espetacularização e a atratividade despertadas por esse esporte. A metodologia utilizada é descritiva e de natureza qualitativa, utilizando um roteiro de entrevista com treinadores e atletas das equipes Unilever/RJ e RJX/RJ. Como resultado, encontramos como categorias de análise para os treinadores as discussões sobre sua necessidade de encontrar bons atletas aliada à gestão financeira. Já para os jogadores, a experiência internacional, a distância da família e ascensão financeira e profissional são fatores que os fazem imigrar. Concluímos que os obstáculos encontrados pelos envolvidos abrangem principalmente aspectos culturais, econômicos e políticos.

 


Palavras-chave


Esportes. Voleibol. Migração. Análise qualitativa.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.66495

Direitos autorais 2018 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment