UM ESTUDO SOBRE POLÍTICA PÚBLICA ESPORTIVA NA ARGENTINA: NOÇÕES DE ESPORTE SOCIAL NO MENEMISMO E KIRCHNERISMO

Alejo Levoratti

Resumo


Neste trabalho procuram-se analisar as representações sobre o esporte social presentes nas orientações da política esportiva desenvolvida pela Secretaria de Esporte da Nação em duas gestões específicas, a de Fernando Galmarini, 1989-1992, durante a presidência de Carlos Menem, e a de Claudio Morresi, 2004-2014, durante as presidências de Néstor Kirchner e Cristina Fernández de Kirchner. Privilegia-se o enfoque etnográfico ao compreender as perspectivas situacionais dos atores. Busca-se discutir teórico-metodologicamente com trabalhos locais inscritos dentro dos estudos sociais sobre esporte, onde esse último termo foi abordado como uma arena social para o estudo de distintos tópicos, não se produzindo uma análise dessa categoria em termos sociais. Por isto, propomos uma análise que contemple os sentidos assinalados ao “esporte social” em seus termos sociais, dando conta dos processos de atualização e ressignificação dessa categoria.

 


Palavras-chave


Esportes. Políticas públicas. Fatores sociais. Programas governamentais.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.62760

Direitos autorais 2016 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment