PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM GINÁSTICA: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS PERIÓDICOS BRASILEIROS

Michele Viviene Carbinatto, Aline Dessupoio Chaves, Wagner Wey Moreira, Ana Laura Souza de Castro Coelho, Regina Maria Rovigati Simões

Resumo


Este artigo, de caráter descritivo do tipo bibliográfico, analisou o cenário (estado da arte) da ginástica nas pesquisas acadêmico-científicas publicadas em periódicos nacionais indexados na área da Educação Física pela Capes entre os anos de 2000 e 2015. Detectaram-se 340 trabalhos distribuídos em 61 revistas, com prevalência na Região Sudeste e destaque de publicação sobre o tema no ano de 2010. Ademais, observou-se que a produção nacional é socializada, sobretudo em revistas de estratos B4, B1 e B2, e que nenhuma das revistas divulgou continuamente estudos sobre ginástica no período analisado. É possível confirmar que a elevação de publicações sobre ginástica coincidiu com a organização e consolidação de eventos na área e que a redução de produções após o ano 2010 pode ser explicada pela busca da internacionalização das pesquisas e interesse de publicação em revistas de maior fator de impacto.


Palavras-chave


Bibliometria. Pesquisa qualitativa. Indicadores de ciência, tecnologia e inovação. Ginástica

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.61223

Direitos autorais 2016 Movimento (ESEFID/UFRGS)




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment