DO IDEAL DE ROBUSTEZ AO IDEAL DE MAGREZA: EDUCAÇÃO FÍSICA, SAÚDE E ESTÉTICA

Maria Isabel Brandão de Souza Mendes

Resumo


Modelos de beleza e saúde se misturam e percorrem uma diversidade de cenários educativos. Diante da associação entre saúde e um padrão específico de estética objetivamos discutir sobre a relação entre Educação Física, saúde e estética. Durante o processo de análise estabelecemos relações com a ideologia do ser saudável, enfatizando o ideal de robustez e o ideal de magreza e identificamos que a Educação Física contribui com a associação entre saúde e um padrão específico de estética corporal por meio de medições antropométricas, quer pelo coeficiente de robustez, quer pelo método para identificar o somatotipo ou pelo índice de massa corporal.

Palavras-chave


Educação Física. Saúde. Estética



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.5989

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment