O FUTEBOL DE BAIRRO COMO PROCESSO EDUCATIVO NÃO FORMAL: UM ESTUDO DE CASOS NA CIDADE DE VALDIVIA-CHILE

Katherine Daniela Benilde Peña Ojeda, Nicolás Ricardo Mujica Hernández, Sergio Alejandro Toro Arévalo

Resumo


O propósito desta pesquisa foi compreender os processos de convivência de uma equipe de jogadores de futebol de bairro, o “Club de Fútbol Palestino Los Jazmines”, da cidade de Valdívia, no sul do Chile. Os investigadores realizaram uma intervenção na qualidade de professores das séries míni e infantil, na qual destacaram três jogadores como informantes-chave do estudo. Em uma primeira instância, se realizou uma revisão bibliográfica do tema, logo a partir de um desenho metodológico qualitativo baseado no paradigma sociocrítico, analisaram e interpretaram os dados registrados em diário de campo e nas entrevistas semiestruturadas aplicadas aos informantes-chave, seus pais e a presidenta do clube. Os resultados do estudo contribuíram para a caracterização das dinâmicas de relação social, assim como para a implementação e avaliação de uma proposta educativa não formal destinada a fortalecer a convivência da equipe.

 

 


Palavras-chave


Esportes. Aprendizagem. Grupo social. Futebol.



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.59835



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment