A QUALIDADE DA COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 NAS CIDADES-SEDE

Thiago Oliveira Santos, Abel Correia, Rui Biscaia, Carla Araújo, Carlos Augusto Mulatinho Pedroso, Fábio Mucio Stinghen, Paulo Henrique Azevêdo, Sergio Roberto Molleta, Varley Teoldo Costa, Vilde Gomes Menezes

Resumo


O objetivo deste estudo foi verificar se a percepção que os torcedores têm da qualidade da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 varia consoante os locais onde o evento foi realizado. Foram recolhidos 3.042 questionários em cinco cidades-sede da Copa. Os resultados obtidos através de uma análise fatorial confirmatória indicaram boas qualidades psicométricas do modelo usado para medir a qualidade. Os testes MANOVA indicaram diferenças significativas na avaliação da qualidade do evento entre os participantes nas cinco cidades-sede. Os resultados foram discutidos, apontando-se as principais implicações na organização de eventos esportivos, bem como sugestões para futuras pesquisas


Palavras-chave


F Futebol. Cidades. Percepção. Gestão da qualidade.

Texto completo:

PDF-POR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.57028



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment