A dança “en-cena” o Outro: prerrogativas para uma educação estética através do processo criativo

Flávio Soares Alves

Resumo


A dança instala no corpo uma outra cena de sentidos que potencializa a ação criativa, assim, quando o corpo dança sua percepção é aguçada em direção a estados alterados da consciência. Aí, neste nível perceptível, instalado em meio ao processo criativo, técnica (a competência) e liberdade (a performance) se relacionam, e criam, como efeito, a dança. A partir desta evidência, que aqui será sustentada segundo um cruzamento de leituras entre a psicanálise e a filosofia, nos lançamos a uma reflexão sobre a percepção corporal na dança, na tentativa de situar a atuação criativa. Assim, abrimos um caminho para entender o processo criativo como campo de sensibilização corporal, a partir do qual a intervenção educativa é efetivada no corpo.


Palavras-chave


Dança. Cinésica. Psicanálise. Criatividade



DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.5391



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment