A EDUCAÇÃO FÍSICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NORMALISTAS (1897-1921)

Autores

  • Tony Honorato Universidade Estadual de Londrina (UEL). Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22456/1982-8918.51009

Palavras-chave:

História. Ginástica. Docentes. Educação.

Resumo

A partir da pesquisa referente à Escola Complementar e Normal de Piracicaba/SP, a proposição é compreender a presença da Educação Física na formação de professores (1897-1921). Como fontes históricas têm-se os dispositivos legais, os manuscritos de diretores escolares, a Revista de Educação e anuários de ensino. Os resultados indicam que a idealizada educação integral do homem foi processual e estruturalmente lenta nas escolas modelares do Estado de São Paulo no período da primeira República.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tony Honorato, Universidade Estadual de Londrina (UEL). Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil

Formado em Educação Física, Mestre e Doutor em Educação. Atualmente é docente adjunto no Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Londrina.

Publicado

2015-05-26

Como Citar

HONORATO, T. A EDUCAÇÃO FÍSICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NORMALISTAS (1897-1921). Movimento, [S. l.], v. 21, n. 3, p. 743–757, 2015. DOI: 10.22456/1982-8918.51009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/51009. Acesso em: 29 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais