BULLYING E AS RELAÇÕES DE GÊNERO PRESENTES NA ESCOLA

Michele Ziegler de Mattos, Angelita Alice Jaeger

Resumo


Analisamos as interfaces entre o Bullying e as relações de gênero no contexto escolar, identificando essa manifestação entre 95 meninos e meninas de 4º a 8º séries de uma escola pública. A triangulação dos dados foi constituída por um questionário respondido pelos/as estudantes, observações do contexto escolar e conversas informais com a equipe diretiva e alunos/as. Os resultados apontam que o Bullying se destaca através da agressão verbal e seus protagonistas são, em sua maioria, do sexo masculino. As representações de gênero que permeiam o cotidiano dos estudantes evidenciam que meninos e meninas são educados de modos diferentes.

 


Palavras-chave


Bullying. Gênero. Estudantes. Escola.

Texto completo:

PDF-POR PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.48001



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment