POR UMA TEORIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA BRASILEIRA NA IMPRENSA PERIÓDICA DE ENSINO, TÉCNICA E CIENTÍFICA

Amarílio Ferreira Neto, Omar Schneider, Wagner dos Santos, André da Silva Mello, Antonio Jorge Gonçalves Soares

Resumo


Objetiva identificar as práticas científicas sobre teoria da Educação Física brasileira na imprensa periódica de ensino, técnica e científica entre 1932 e 2005. As fontes foram:Revista de Educação Física (1932-2005), Revista Educação Physica (1932-1945), RBCE (1979-2005) e Motrivivência (1988-2004). A síntese desse debate impacta a imprensa periódica desde fins da década de 1940. Pode ser percebida em uma teoria da ação que se apropria de conhecimentos das ciências biológicas, humanas e sociais como recurso tático para confirmar a estratégia de implantação e consolidação do componente curricular Educação Física nas escolas e nas universidades do País.

  


Palavras-chave


Práticas científicas. Teoria. Periódicos.

Texto completo:

PDF-POR PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.46387

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment