A DEMOCRACIA CORINTHIANA E AÇÃO SINDICAL: A NARRATIVA DA INTEGRAÇÃO ENTRE O MOVIMENTO ALVINEGRO E O SINDICATO DOS JOGADORES DE FUTEBOL.

Heloisa Helena Baldy dos Reis, Mariana Zuaneti Martins

Resumo


O objetivo deste artigo é reconstituir a narrativa da integração de jogadores da Democracia Corinthiana com o Sindicato dos Atletas Profissionais, de modo a compreender como o movimento alvinegro influenciou a atuação sindical desta categoria. A partir de um levantamento histórico a partir de reportagens buscadas no jornal A Folha de São Paulo e a Revista Placar, e de uma entrevista semiestruturada concedida pelo jogador Wladimir, reconstituímos a narrativa dessa integração e  discutimos a atuação sindical destes sujeitos. Deste modo, a participação dos jogadores corinthianos no sindicato levava as demandas daquela experiência para o conjunto da categoria e possibilitava a criação de novas reivindicações, forjadas num ambiente relativamente mais autônomo.


Palavras-chave


sindicatos; condições de trabalho; esportes.

Texto completo:

PDF-POR PDF-ENG (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.43449

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment