DEMANDAS AMBIENTAIS NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: PERSPECTIVAS DE ADAPTAÇÃO E DE TRANSFORMAÇÃO

Luiz Sanches Neto, Willian Lazaretti da Conceição, Tiemi Okimura-Kerr, Luciana Venâncio, Audrei Juliana Zeferino Vogel, André Luiz França, Luciano Nascimento Corsino, Jéssica Camila Ramos Rodrigues, Tatiana Pereira de Freitas

Resumo


Neste trabalho, tratamos da possibilidade do ensino de temas que remetem às demandas do ambiente na prática pedagógica da Educação Física. Identificamos e classificamos essas demandas como administrativas e econômicas, estéticas e filosóficas, virtuais, históricas e geográficas, sociológicas e políticas, físicas e naturais. Discutimos como as dinâmicas específicas – da cultura, do movimento, do corpo e do ambiente – permitem suscitar certos questionamentos sobre a pertinência da temática e suas repercussões na profissionalidade dos docentes. Consideramos que, no contexto da intervenção cotidiana, há perspectivas de adaptação e de transformação que podem ser aprofundadas em conjunto com os alunos durante as aulas.


Palavras-chave


Currículo. Educação Física. Ambiente Socioeconômico. Características Culturais.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.41079

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment