OS ESTUDOS DO LAZER E A APROPRIAÇÃO DA OBRA DE MARX E ENGELS – MARIA ISABEL LEME FALEIROS –

Elza Peixoto

Resumo


Estudo do estado da arte dos estudos do lazer no Brasil, concentrado nos trabalhos que apropriam a obra de Marx, produzidos e disseminados em periódicos e editoras nacionais (década de 80). Transitando entre a colocação do lazer como prática social estritamente limitada à esfera da produção e da reprodução da existência; o vislumbre de possibilidades/perspectivas emancipatórias nesta prática social; e a total negação do trabalho/lazer como esferas de realização humana, estes textos apresentam aos leitores a instigante questão das perspectivas do trabalho e do lazer – da necessidade e da liberdade – na sociedade capitalista e no projeto comunista.

Palavras-chave


Atividades de lazer. Brasil. Literatura. Comunismo. Karl Marx. Friedrich Engels.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.3556



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment