ATLETAS DO SÉCULO XXI: OU DAS FUSÕES BIOTECNOLÓGICAS NOS ATLETAS DE ALTO RENDIMENTO

George Saliba Manske

Resumo


Este estudo tem como objetivo discutir as condições contemporâneas vinculadas às biotecnologias e suas relações com o esporte de alto rendimento, em especial, na configuração de um novo tipo de sujeito atleta. Parte-se do pressuposto que as bases epistemológicas que organizam o esporte moderno são dualísticas, e acabam por classificar os sujeitos entre atletas normais ou paratletas, sendo, portanto, incapazes de lidar com as transformações hodiernas referentes aos usos de tecnologias para a ampliação das potencialidades humanas.


Palavras-chave


Esporte. Atletas. Biotecnologia. Pós-estruturalismo.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.32434

Direitos autorais



 

Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment