A “EDUCAÇÃO PHYSICA” NOS PARQUES INFANTIS DE SÃO PAULO (1935-1938)

Kátia Danailof

Resumo


O presente estudo analisa o papel da Educação Física nos Parques infantis de São Paulo (1935-1938), considerando sua inserção no projeto de difusão cultural do Departamento de Cultura de São Paulo, visando a transformar a realidade educacional e cultural do país. Por fim, nota-se uma educação física tomada como mediadora de um conhecimento histórico e culturalmente determinados, marcada pela necessidade de conciliar o ensino da ginástica com o folclore, informando a população sobre um conhecimento que, acreditava-se, seria esquecido.

 


Palavras-chave


História da Educação Física. Lazer. Educação Infantil.

Texto completo:

PDF-BR


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.32324

Direitos autorais




Movimento

Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                            

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment