O CUIDADO COM O CORPO COMO ESTRATÉGIA DE SUJEITOS GENERIFICADOS

José Geraldo Soares Damico

Resumo


O artigo é parte de uma dissertação de mestrado que discutiu alguns dos modos pelos quais jovens mulheres significam, apre(e)ndem e vivenciam, contemporaneamente, o cuidado com o corpo. Inscreve-se no campo dos Estudos de Gênero nas vertentes que propõem aproximações críticas com a perspectiva pós-estruturalista de Michel Foucault. Utiliza a abordagem metodológica da análise de discurso para examinar discussões travadas por alunas de uma escola pública no RS. Das análises que resultalram deste corpus de investigação, focaliza-se, aqui, um movimento que permite pensar os cuidados com o corpo como uma estratégia potente na produção de corpos generificados.

Palavras-chave


Imagem corporal. Identidade de gênero. Adolescente. Ensino fundamental e médio

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2927



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment