Educação física escolar, co-educação e gênero: mapeando representações de discentes

Mauro Louzada de Jesus, Fabiano Pries Devide

Resumo


A pesquisa teve como objetivo investigar as representações dos alunos(as) sobre as aulas de Educação Física escolar(EFe) separadas por sexo e mistas. Utilizou uma entrevista com um grupo focal composto de seis alunos do ensino médio, três homens e três mulheres, e um teste de associação livre de palavras. A análise e interpretação dos dados indicam que: i) os alunos não são capazes de analisar e interpretar as aulas de EFe separadas por sexo e mistas numa perspectiva Co-Educativa; e ii) os professores(as) não têm problematizado questões de gênero durantes suas aulas.

Palavras-chave


Educação Física e treinamento. Identidade de gênero. Educação primária e secundária.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2912



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment