A cidade e o lazer: as desigualdades sócio-espaciais na distribuição dos equipamentos culturais na cidade do Rio de Janeiro e a construção de um indicador que oriente as ações em políticas públicas

Victor Andrade de Melo, Fabio de Faria Peres

Resumo


Este artigo tem por objetivo apresentar um panorama da distribuição de equipamentos culturais na cidade do Rio de Janeiro. Para tal, utilizamos dois parâmetros por nós desenvolvidos: o Indicador de Desenvolvimento e Acesso Cultural absoluto (IDAC-absoluto) e o Indicador de Desenvolvimento e Acesso Cultural relativo (IDAC-relativo). Preocupamo-nos também em estabelecer a correlação entre a distribuição de equipamentos e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a fim de verificar em que intensidade as desigualdades nestes parâmetros estão relacionadas. Acreditamos que o reconhecimento deste panorama municipal pode ser de grande utilidade na elaboração de políticas públicas mais efetivas e justas.

Palavras-chave


Políticas públicas. Cultura. Lazer. Desenvolvimento urbano

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.2886



 

 


Movimento
Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança | Universidade Federal do Rio Grande do Sul | UFRGS
Endereço: Rua Felizardo, 750, Jardim Botânico, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, CEP 90690-200
E-mail: movimento@ufrgs.br
 

Bases de Dados Indexadoras

 

                                      

 

Apoio

 

        

 

Licença de cópias e declaração de boas práticas de avaliação

 

 Licença Creative CommonsSan Francisco Declaration on Research Assessment